Lucro da ADM cai mais de 50% com menores exportações de grãos dos EUA

terça-feira, 3 de maio de 2016 10:13 BRT
 

(Reuters) - A companhia de agronegócio dos Estados Unidos Archer Daniels Midland divulgou uma queda de 53,3 por cento em seu lucro trimestral, pressionado pela queda dos preços de energia e menores exportações norte-americanas de grãos.

A ADM, que é uma das maiores tradings e processadoras de grãos do mundo, informou que a receita de seu negócio de serviços agrícolas caiu 19,5 por cento, para 6,48 bilhões de dólares, prejudicada pela ampla oferta global de grãos.

Nos EUA, os preços dos grãos tombaram após safras maiores, enquanto o dólar forte prejudicou a demanda pela exportação.

A companhia, que compra, vende, transporta, estoca e processa grãos e sementes oleaginosas, disse estar "cautelosamente otimista" de que a redução da produção de milho e soja na América do Sul possa trazer melhora nas margens de processamento da soja no segundo semestre.

O lucro líquido atribuível à ADM caiu para 230 milhões de dólares, ou 0,39 dólar por ação, no primeiro trimestre encerrado em 31 de março, de 493 milhões, 0,77 dólar por ação, um ano antes.

Em uma base ajustada, a companhia ganhou 0,42 dólar por ação. A receita caiu para 14,38 bilhões de dólares, de 17,51 bilhões de dólares.