Mercados asiáticos caem com temores sobre crescimento global, índices chineses têm leve queda

quarta-feira, 4 de maio de 2016 07:49 BRT
 

XANGAI/SYDNEY (Reuters) - As ações chinesas encerraram as operações desta quarta-feira praticamente estáveis, com o mercado de Xangai sob pressão próximo do nível técnico de resistência e após sinais de fraqueza da atividade industrial.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,13 por cento. Já o índice de Xangai teve queda de 0,05 por cento, a 2.991 pontos, sendo seu nível de resistência a marca dos 3.000 pontos.

Os outros mercados da região também caíram em meio à inquietação dos investidores com a fraqueza do crescimento global e com a deflação, o que atingiu as commodities e aumentou a demanda pela segurança dos títulos governamentais.

As ações eram preteridas pelos investidores em uma corrida por ativos seguros e, às 7:45 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 1,26 por cento.

O corte da taxa de juros pelo banco central da Austrália na terça-feira, o primeiro em um ano, destacou ainda mais como a ameaça da deflação está se espalhando pelo mundo.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei não teve operações.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,73 por cento, a 20.525 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,05 por cento, a 2.991 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,13 por cento, a 3.209 pontos.   Continuação...