Argentina perde 785 mil ha de soja por chuvas; 700 mil ha correm risco, diz bolsa

quarta-feira, 4 de maio de 2016 18:44 BRT
 

BUENOS AIRES (Reuters) - As fortes chuvas que flagelaram os campos da Argentina durante abril causaram a perda de 785 mil hectares de soja da temporada 2015/16, enquanto outros 700 mil hectares também poderiam ser abandonados devido ao excesso de água, informou nesta quarta-feira a bolsa de cereais de Buenos Aires.

Os danos se somam aos 750 mil hectares que a bolsa já calculava que ainda não haviam sido colhidos como consequência do clima adverso nos meses anteriores.

De acordo com a entidade, o total da área perdida representa 7,5 por cento dos 20,1 milhões de hectares cultivados com soja na Argentina.

O país sul-americano é o maior exportador mundial de óleo e farelo de soja e o terceiro fornecedor global do grão da soja sem processamento.

A quebra de safra na Argentina pode levar importadores a buscar alternativas no Brasil ou Estados Unidos, que também são grandes produtores.

A indústria de soja do Brasil avalia que o Brasil poderá ocupar mercados que a Argentina eventualmente não consiga atender.

(Por Maximilian Heath)