Bolsas nos EUA recuam após dados econômicos elevarem preocupações com crescimento

quarta-feira, 4 de maio de 2016 18:51 BRT
 

Por Caroline Valetkevitch

NOVA YORK (Reuters) - Os principais índices acionários dos Estados Unidos caíram pelo segundo dia consecutivo nesta quarta-feira, pressionados por dados fracos de postos de trabalho no setor privado e pelo recuo das ações de biotecnologia.

O índice Dow Jones caiu 0,56 por cento, a 17.651 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,59 por cento, a 2.051 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 0,79 por cento, a 4.725 pontos.

O índice Nasdaq Biotech caiu 2,9 por cento, sua sétima sessão de perdas entre as últimas oito.

O relatório da processadora de folhas de pagamento ADP mostrou que as contratações no setor privado dos EUA diminuíram em abril para o menor nível em três anos. O relatório serve como precursor dos dados mais abrangentes do governo sobre o emprego, que serão divulgados na sexta-feira.

O fortalecimento do mercado de trabalho deve influenciar o ritmo dos futuros aumentos na taxa de juros, embora operadores estejam precificando apenas uma alta até o fim do ano.

Um banco central cauteloso e a recuperação nos preços do petróleo ajudaram as ações norte-americanas a dispararem após perdas acentuadas no início do ano. O S&P 500 acumula alta de 0,3 por cento desde 31 de dezembro.

"Dada a sazonalidade do mercado e também ao fato de (as ações) terem recentemente chegado perto das máximas históricas, esse provavelmente é um ponto de consolidação, e eu espero que continue no curto prazo", disse o estrategista técnico chefe da Bolton Global Asset Management, Bruce Zaro.

(Reportagem adicional por Tanya Agrawal)