Tractebel lucra R$347 mi no 1° tri mesmo com menor geração

quinta-feira, 5 de maio de 2016 19:06 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A geradora Tractebel Energia apresentou um lucro líquido de 347,1 milhões de reais no primeiro trimestre, com alta de 0,7 por cento ante mesmo período de 2015, mesmo com uma menor geração de energia, segundo comunicado nesta quinta-feira.

A elétrica, controlada pela francesa Engie, teve lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) de 792,7 milhões de reais no período, com expansão de 0,4 por cento na comparação com o primeiro trimestre do ano passado.

A elétrica atribuiu o melhor resultado à redução de 6,6 milhões de reais nas despesas financeiras líquidas, a aumentos na depreciação e amortização e a menores custos com imposto de renda e contribuição social.

Com isso, a companhia, que é a maior geradora privada de energia do país, com 7 gigawatts em capacidade instalada, conseguiu elevar lucros mesmo com uma redução de 8,1 por cento na produção, que somou 5,5 gigawatts médios.

A receita líquida de vendas somou 1,62 bilhão de reais, com retração de 0,9 por cento na comparação anual.

O preço líquido médio da energia vendida pela Tractebel foi de 177,29 reais por megawatt-hora, com alta de 5,9 por cento ante o primeiro trimestre de 2015, com reajustes pela inflação em contratos antigos compensando uma queda nos preços dos novos contratos, segundo a empresa.

A dívida líquida somou cerca de 1 bilhão de reais, com retração de 51,8 por cento.

A Tractebel encerrou o trimestre com um caixa de 2,26 bilhões de reais, alta de 39,9 por cento ante mesmo período de 2015.

(Por Luciano Costa)