Exportações e importações na China recuam acima do esperado em abril

domingo, 8 de maio de 2016 09:50 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - As exportações e as importações da China caíram mais do que o esperado em abril, ressaltando a demanda fraca internamente e no exterior e esfriando expectativas de uma recuperação da segunda maior economia do mundo.

As exportações caíram 1,8 por cento na comparação anual, disse a Administração Geral de Alfândega neste domingo, revertendo a breve recuperação do mês anterior e endossando preocupações do governo de que o ambiente global de comércio será desafiador em 2016.

As importações caíram 10,9 por cento em abril em relação a um ano antes, no 18º mês seguido de queda, sugerindo que a demanda doméstica segue fraca apesar de uma recuperação nos gastos com infraestrutura e crescimento recorde de crédito no primeiro trimestre.

O saldo da balança comercial somou 45,56 bilhões de dólares no mês passado, contra expectativa de superávit de 40 bilhões de dólares.

Economistas consultados pela Reuters aguardavam queda de 0,1 por cento nas exportações em abril após uma alta inesperada de 11,5 por cento em março; e esperavam um decréscimo de 5 por cento nas importações, após declínio de 7,6 por cento em março.

(Reportagem Kevin Yao)