9 de Maio de 2016 / às 10:19 / em um ano

Japão está pronto para intervir se iene ficar volátil demais, diz ministro

Ministro das Finanças do Japão, Taro Aso, durante discurso em Tóquio. 22/01/2016 REUTERS/Toru Hanai

TÓQUIO (Reuters) - O ministro das Finanças do Japão, Taro Aso, afirmou nesta segunda-feira que o governo japonês está preparado para intervir no mercado cambial se o iene se tornar volátil demais a ponto de afetar o comércio e a economia do país.

Aso também afirmou não achar que os Estados Unidos consideram a política cambial do Japão inapropriada, mas reconheceu que os dois países têm visões diferentes sobre o que seriam altas excessivas do iene que justifiquem uma intervenção.

“Para o Japão, volatilidade excessiva nas movimentações do iene que afetem o comércio e as políticas fiscal e econômica do Japão -sejam altas ou quedas do iene- é indesejada. Se tais movimentações ocorrerem, o Japão está preparado para intervir no mercado”, disse Aso ao Parlamento.

O dólar atingiu a mínima de 105,55 ienes na semana passada após os EUA acrescentarem o Japão a uma lista de país que está monitorando devido às políticas cambiais.

Alguns investidores interpretaram a ação como um alerta a Tóquio contra intervenções no mercado. O dólar retomou algum terreno e era negociado em torno de 107 ienes na Ásia nesta segunda-feira.

Reportagem de Leika Kihara

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below