Ações chinesas recuam com menores esperanças de recuperação econômica

segunda-feira, 9 de maio de 2016 07:43 BRT
 

XANGAI/TÓQUIO (Reuters) - As ações chinesas recuaram novamente com força nesta segunda-feira, atingindo mínimas de oito meses, com os investidores vendo as esperanças de uma forte recuperação econômica desaparecerem e preocupados com novas restrições regulatórias sobre a especulação.

Seguindo o tombo de quase 3 por cento na sexta-feira, o índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 2,07 por cento, enquanto o índice de Xangai teve queda de 2,76 por cento.

Os dados do comércio da China de abril, divulgados no domingo, deram um banho de água fria nas esperanças dos investidores de uma recuperação econômica sustentada, com queda maior que a esperada tanto das importações quanto das exportações.

No restante do continente, os mercados não apresentaram direção comum, mas também foram pressionados pelos dados do comércio da China e pelo relatório de emprego dos Estados Unidos mais fraco que o esperado, o que levanta dúvidas sobre a força das maiores economias do mundo.

Às 7:42 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 0,06 por cento.

O índice Nikkei do Japão teve alta de 0,68 por cento, com a aparente paralisação da recente valorização do iene.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,68 por cento, a 16.216 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,23 por cento, a 20.156 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 2,76 por cento, a 2.832 pontos.   Continuação...