Vendas do Dia das Mães caem e atingem o pior desempenho desde 2003, diz Serasa Experian

segunda-feira, 9 de maio de 2016 12:39 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - As vendas relacionadas ao Dia das Mães tiveram este ano o pior desempenho desde a criação em 2003 do indicador da Serasa Experian, que mede o movimento da segunda data mais importante para o varejo do país após o Natal, informou a companhia de análise de informações de crédito nesta segunda-feira.

As vendas na semana entre 2 e 8 de maio caíram 8,4 por cento sobre a semana de 4 a 10 de maio de 2015, segundo a companhia. Considerando apenas o final de semana do Dia das Mães, houve queda de 9,5 por cento em todo o país sobre o mesmo período do ano passado.

"A queda do poder de compra dos brasileiros, tendo em vista a escalada do desemprego, e a inflação ainda em patamar elevado, afetaram negativamente o movimento varejista", afirmou a Serasa Experian em comunicado à imprensa. "O crédito mais caro e escasso contribuiu para o desempenho negativo", acrescentou.

Segundo a companhia de serviços de informações, na cidade de São Paulo as vendas na semana do Dia das Mães caíram 8,2 por cento e apenas no final de semana houve queda de 10,6 por cento.

(Por Alberto Alerigi Jr.)