Ações chineses têm leve alta com pressão de incerteza de política econômica

terça-feira, 10 de maio de 2016 07:44 BRT
 

XANGAI/HONG KONG (Reuters) - As ações chinesas encerraram a sessão desta terça-feira com pequeno ganho, mas o mercado teve dificuldade para encontrar uma direção, oscilando entre os territórios positivo e negativo.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,11 por cento, enquanto o índice de Xangai teve ganho de 0,04 por cento.

Analistas disseram que comentários recentes na mídia oficial pressionaram a confiança do mercado.

Um artigo de publicado na segunda-feira pelo jornal chinês People's Daily, tido como porta-voz do Partido Comunista, disse que o país pode sofrer uma crise financeira e uma recessão econômica se o governo contar demais com os estímulos alimentados pelo endividamento.

No restante do continente, as ações devolveram as perdas e encerraram a sessão em alta, após nova promessa do Japão de intervenção para enfraquecer o iene.

Às 7:41 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão subia 0,27 por cento, depois de recuar 0,2 por cento e chegar a seu menor nível desde 11 de março.

O índice Nikkei do Japão teve forte alta após o ministro das Finanças, Taro Aso, reiterar sua determinação de intervir no mercado de câmbio se os ganhos do iene durarem tempo suficiente de forma que prejudiquem a frágil recuperação econômica japonesa.

Os comentários de Aso levaram o iene a seu menor nível em quase duas semanas contra o dólar.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 2,15 por cento, a 16.565 pontos.   Continuação...