Bovespa sobe quase 4% com afastamento iminente de Dilma e avanço de commodities

terça-feira, 10 de maio de 2016 17:05 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da Bovespa fechou em alta de quase 4 por cento nesta terça-feira, maior avanço desde março, favorecido pela expectativa de afastamento iminente da presidente Dilma Rousseff e avanço nos preços de commodities no mercado internacional.

De acordo com dados preliminares, o Ibovespa subiu 3,83 por cento, a 52.943 pontos. Trata-se da maior alta desde 17 de março. Apenas 1 das 59 ações que formam o índice fechou em queda.

O giro financeiro do pregão somava 6,6 bilhões de reais.

(Por Paula Arend Laier)