Ações chinesas sobem com apostas no consumo e saúde; restante da região mostra cautela

quarta-feira, 11 de maio de 2016 07:53 BRT
 

Por Saikat Chatterjee

HONG KONG (Reuters) - As ações chinesas tiveram leve alta nesta quarta-feira, recuperando parte das fortes perdas sofridas nas últimas sessões, com os compradores interessados em ações de consumo e saúde.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,45 por cento, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,18 por cento.

Porém, no restante do continente, as ações estiveram perto das mínimas de dois meses, com os investidores ignorando a alta das ações globais e buscando títulos na ausência de sinais de uma recuperação sustentável na China e em outros mercados emergentes.

Às 7:50 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 0,08 por cento. Na terça-feira, o índice atingiu a mínima de oito semanas.

Embora dados fortes da China de março tenham levantado esperanças de que a economia estaria melhorando, dados mistos de abril até o momento e o aumento dos níveis de endividamento em uma série de setores vêm alimentando dúvidas sobre a sustentabilidade de qualquer recuperação do crescimento.

O índice Nikkei do Japão foi um dos únicos pontos positivos da sessão. As ações japonesas tiveram ligeira alta conforme o iene se afastou ainda mais das máximas de 18 meses contra o dólar atingidas na semana passada.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,08 por cento, a 16.579 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,93 por cento, a 20.055 pontos.   Continuação...