China vai alcançar meta de crescimento econômico este ano, diz vice-premiê

quarta-feira, 11 de maio de 2016 09:52 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - A economia chinesa enfrenta pressões, mas ainda será capaz de atingir sua meta de crescimento econômico para este ano, disse o vice primeiro-ministro do país, Zhang Gaoli, em um fórum em Pequim nesta quarta-feira.

A China definiu uma meta de crescimento entre 6,5 e 7 por cento em 2016, após a mínima em 25 anos em 2015, de 6,9 por cento.

Zhang disse que a China vai reduzir a alavancagem da economia através de esforços incluindo falências, e não está recorrendo a estímulos de larga escala.

A recuperação da economia global está fraca e enfrenta incertezas, mas a economia chinesa continua resiliente, disse.

As declarações de Zhang foram dadas em meio à queda das expectativas de mais estímulos monetários após o crescimento recorde do crédito no primeiro trimestre do ano impulsionar os indicadores econômicos de março, ainda que os dados de abril, até o momento, indiquem que a recuperação pode ter vida curta.

(Por Kevin Yao)