Presidente da Gol diz que oferta de troca de bônus não é negociável

quinta-feira, 12 de maio de 2016 09:42 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O presidente da companhia aérea Gol, Paulo Kakinoff, disse que a oferta de troca de bônus denominados em dólar feita pela empresa é "não negociável" e "a melhor que podemos oferecer", afirmando que tem percebido interesse dos detentores das notas em entender a operação.

"O atual resultado, com a condição de caixa, iniciativas de liquidez e o cenário macroeconômico, não dá qualquer horizonte" para que a companhia ofereça uma condição melhor, disse Kakinoff em teleconferência para comentar os resultados do primeiro trimestre.

(Por Priscila Jordão)