Algumas autoridades do BC do Japão destacaram prontidão para afrouxar mais, mostra relatório

quinta-feira, 12 de maio de 2016 10:52 BRT
 

Por Leika Kihara

TÓQUIO (Reuters) - Algumas autoridades do banco central do Japão destacaram a necessidade de expandir o estímulo monetário ainda mais se for preciso para atingir a meta de preços, mostrou um relatório de opiniões do Banco do Japão de abril divulgada nesta quinta-feira.

O relatório também mostrou que a decisão do banco de manter a política monetária na reunião de abril foi baseada na visão predominante da diretoria de que o banco central deveria levar mais tempo para examinar como sua decisão de janeiro de adotar taxa negativa de juros afetará a economia.

"Quando necessário, o Banco do Japão deverá adotar medidas adicionais já que os riscos negativos à economia e aos preços são grandes", disse um dos nove membros da diretoria na reunião de 27-28 de abril, uma visão compartilhada por muitos outros membros.

O banco central não expandiu seus estímulos na reunião, contrariando as expectativas do mercado por ação mesmo com a demanda global fraca, a indesejada valorização do iene e o consumo fraco ameaçando tirar a frágil recuperação econômica do país dos trilhos.