Fundo soberano da Noruega planeja processar Volkswagen por escândalo de emissão de poluentes

domingo, 15 de maio de 2016 17:26 BRT
 

(Reuters) - O fundo soberano da Noruega, a maior do mundo, disse no domingo que planeja aderir a ações judiciais coletivas movidas contra a montadora alemã Volkswagen <AG VOWG_p.DE> sobre o escândalo de emissões.

"Norges Bank Investment Management pretende participar de uma ação legal contra a Volkswagen decorrente dos dados incorretos fornecidos pela a empresa sobre as emissões", disse a porta-voz do fundo Marthe Skaar, em um comunicado enviado por e-mail à Reuters.

"Fomos informados por nossos advogados que o comportamento da empresa dá origem a processos judiciais ao abrigo do direito alemão. Como investidor, é nossa responsabilidade para salvaguardar a participação do fundo na Volkswagen", Skaar acrescentou.

O jornal Financial Times foi o primeiro a publicar, neste domingo, o plano do fundo soberano para processar a Volkswagen.

A Volkswagen, que admitiu no ano passado que tinha usado software sofisticado em seus carros para enganar os testes de emissões de poluentes, não estava disponível para comentar o assunto fora do horário comercial.

((Tradução Redação São Paulo, +5511 56447710))

RBS