Mansueto deve ter secretaria especial no Ministério da Fazenda, diz fonte

segunda-feira, 16 de maio de 2016 19:21 BRT
 

Por Patrícia Duarte

SÃO PAULO (Reuters) - O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, anuncia sua equipe econômica nesta terça-feira, que incluirá Mansueto Almeida, o ex-diretor do Banco Central Carlos Hamilton de Araújo e o atual secretário da Receita Federal, Jorge Rachid.

Segundo informou uma fonte com conhecimento sobre o assunto nesta segunda-feira, Mansueto deve ir para uma secretaria especial que está sendo criada, enquanto Carlos Hamilton assumirá a secretaria de Política Econômica. Rachid permanece no cargo.

Meirelles deve anunciar ainda quem comandará o Banco Central. Na bolsa de apostas, o mais cotado é o economista-chefe do banco Itaú Unibanco, Ilan Goldfajn, mas não é descartado totalmente que o atual presidente do BC, Alexandre Tombini, possa ficar por um tempo maior de transição.

O ministro havia dito que sua equipe seria anunciada nesta segunda-feira, mas acabou adiando o anúncio por um dia.

Mansueto é especialista em contas públicas e foi um dos coordenadores do programa econômico do então candidato à Presidência Aécio Neves (PSDB). Ele também está cotado para assumir a secretaria do Tesouro com Meirelles.

Carlos Hamilton, que já foi diretor de Política Econômica do BC, trabalhou com Meirelles na autoridade monetária.

 
Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, participa de coletiva de imprensa em Brasília
13/05/2016 REUTERS/Paulo Whitaker