Sobras de energia de distribuidoras podem chegar a 12,6% da carga em 2017, diz CCEE

quarta-feira, 18 de maio de 2016 11:28 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - As sobras de energia contratada pelas distribuidoras de eletricidade devem aumentar no próximo ano devido à crise econômica, que reduziu fortemente o consumo dos clientes, afirmou nesta quarta-feira o presidente do Conselho da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), Rui Altieri, ao participar de evento do setor elétrico no Rio de Janeiro.

Segundo ele, as distribuidoras possuem hoje em média 10,9 por cento da carga de energia em sobras, que poderiam alcançar 12,6 por cento em 2017.

Caso seja revogada uma regra que obriga as concessionárias a renovar a maior parte de seus contratos de compra que vencem a cada ano, a sobrecontratação em 2017 poderia ser um pouco menor, de 8,3 por cento.

(Por Luciano Costa)