Governo quer acertar até 3 de junho proposta de reforma da Previdência com sindicalistas, diz Padilha

quarta-feira, 18 de maio de 2016 13:16 BRT
 

(Reuters) - O governo pretende ter até 3 de junho uma proposta de reforma da Previdência conciliando a posição do governo e as pretensões de centrais sindicais envolvidas nas negociações, afirmou nesta quarta-feira o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha.

O ministro, que falou após reunião do grupo de trabalho com representantes de centrais e do governo para discutir a Previdência, disse que é preciso ter impacto nas contas públicas o mais rápido possível.

Padilha, que acabou de assumir junto com o presidente interino Michel Temer, afirmou ainda que estão trabalhando com muitas variáveis, como idade mínima para aposentadoria e aumento no tempo de contribuição.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)

 
Ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, ao lado do presidente interino, Michel Temer, durante reunião em Brasília.    13/05/2016       REUTERS/Ueslei Marcelino