Diretor da consultoria PSR Luiz Barroso é convidado para presidir EPE, diz fonte

quarta-feira, 18 de maio de 2016 17:56 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O diretor da consultoria em energia PSR Luiz Barroso foi convidado para presidir a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), vinculada ao Ministério de Minas e Energia, disse à Reuters uma fonte a par do assunto nesta quarta-feira.

O atual presidente da EPE é Maurício Tolmasquim, que comanda a instituição desde 2004, quando ela foi criada para atuar como um órgão de estudos e planejamento sobre a expansão da capacidade de geração e transmissão de energia.

Segundo a fonte, Barroso ainda não respondeu se aceitará o convite.

"Ele foi convidado... só não quer falar ainda se ele vai aceitar", disse a fonte, sob a condição de anonimato.

Nesta quarta-feira, após participar de evento que reúne algumas das principais autoridades e executivos do setor elétrico no Rio de Janeiro, Barroso disse a jornalistas que não comentaria o tema.

A saída de Tolmasquim da estatal é esperada a qualquer momento, devido à proximidade dele com a presidente afastada Dilma Rousseff e a gestão petista.

Durante o evento nesta quarta-feira, o presidente da EPE foi a única ausência entre os dirigentes das principais instituições e órgãos do setor elétrico.

Participaram do encontro o novo ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, além dos diretores gerais da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

Barroso é na PSR um braço direito do proprietário da consultoria, o engenheiro Mário Veiga, conhecido como "um papa do setor elétrico".   Continuação...