Ministro da Educação e Cultura diz que Fies, Prouni e Pronatec serão preservados

quarta-feira, 18 de maio de 2016 18:28 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O ministro da Educação e Cultura, Mendonça Filho, disse nesta quarta-feira que o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), o Programa Universidade para Todos (Prouni) e o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) serão mantidos.

"Desde que tomamos posse como ministro da Educação e Cultura têm sido espalhados muito boatos em redes sociais a respeito da descontinuidade de projetos como Prouni, Fies e Pronatec. Estes projetos serão preservados, no máximo aprimorados", afirmou o ministro em entrevista coletiva para apresentar o secretário nacional de Cultura, Marcelo Calero.

Em seu primeiro pronunciamento após assumir interinamente a Presidência, Michel Temer prometeu manter os programa sociais dos governos do PT, como Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida e Fies, que "deram certo" e terão a gestão aprimorada.

Em portaria publicada nesta quarta-feira no Diário Oficial da União, a Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior do MEC suspendeu novos contratos do Fies de nove faculdades, em certos cursos, entre eles o de gestão financeira da Universidade Bandeirante Anhanguera, da Kroton.

Segundo o ministro, isso foi aprovado pelo governo Dilma Rousseff e a portaria já havia sido assinada.

A Kroton disse em nota a que a medida restritiva engloba somente o curso de Gestão Financeira da unidade Anhanguera de Campo Limpo (SP), que não está mais em funcionamento neste campus e, também, não tem qualquer aluno vinculado ao mesmo.

(Por Juliana Schincariol)