Ações recuam em meio a preocupações com alta dos juros nos EUA em junho

quinta-feira, 19 de maio de 2016 07:52 BRT
 

XANGAI/HONG KONG (Reuters) - As ações chinesas tiveram leve queda nesta quinta-feira, com o volume de negócios encolhendo às mínimas em quase três meses e meio com muitos investidores preferindo manter-se afastados em meio a preocupações com a economia e com a possível elevação em breve da taxa de juros nos Estados Unidos.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,18 por cento, enquanto o índice de Xangai ficou praticamente estável.

O restante da região também recuou, com os mercados avaliando a possibilidade de outra alta da taxa de juros pelo Federal Reserve, banco central norte-americano, já em junho.

Às 7:49 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 1,23 por cento, com a perspectiva de um segundo aumento dos juros nos EUA elevando as preocupações para os mercados emergentes, que já sofrem com a desaceleração da China.

A ata da reunião de definição da política monetária do Fed destacou as visões das autoridades do banco de que seria apropriado elevar os juros em junho se os dados econômicos apontarem para um crescimento mais forte no segundo trimestre, como também inflação e emprego se firmando.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,01 por cento, a 16.646 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,67 por cento, a 19.694 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,01 por cento, a 2.807 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,18 por cento, a 3.062 pontos.   Continuação...