Fischer, do Fed, diz que economia dos EUA precisa de crescimento potencial mais rápido

quinta-feira, 19 de maio de 2016 10:48 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - Os Estados Unidos precisam de crescimento econômico potencial mais rápido para elevar a taxa de juros de equilíbrio de longo prazo, disse nesta quinta-feira o vice-chairman do Federal Reserve, banco central norte-americano, Stanley Fischer.

"O que mais precisamos, agora que estamos próximos do pleno emprego e nos aproximando de nossa meta de inflação, é crescimento potencial mais rápido", disse Fischer em declarações preparadas para uma conferência econômica em Nova York.

Ele acrescentou que isso é crítico para o futuro das economias dos Estados Unidos e do mundo, e que mais estudos devem ser dedicados ao desenvolvimento de políticas que podem influenciar a taxa.

A chamado taxa de juros real de equilíbrio é o nível dos custos de empréstimo associado a inflação estável e pleno emprego.

Avaliando a taxa no longo prazo, é importante para as autoridades do Fed projetarem quanto elas vão realmente apertar a política monetária. Crescimento potencial de longo prazo mais baixo precisa de uma taxa de juros de equilíbrio menor.

Na quarta-feira o Fed surpreendeu os mercados financeiros ao sinalizar, na ata de sua última reunião, que pode estar pronto para elevar os juros em junho se a economia do país continuar a se fortalecer.

(Por Lindsay Dunsmuir)