Fusão entre Deutsche Boerse e LSE eleva preocupação sobre concorrência, diz França

sexta-feira, 20 de maio de 2016 11:42 BRT
 

PARIS (Reuters) - A planejada fusão de 30 bilhões de dólares entre a London Stock Exchange e a Deutsche Boerse cria potenciais preocupações sobre competição, afirmou o ministro das Finanças da França, Michel Sapin, nesta sexta-feira.

A declaração foi além do que tinha manifestado em fevereiro o ministro da Economia Emmanuel Macron e representou um alerta sobre potencial impacto da operação sobre a economia da Europa.

A fusão proposta vai criar um grupo similar em escala à norte-americana ICE, que tem obtido grandes participações nos mercados europeus de derivativos, e deixará para trás rivais menores europeus como a Euronext.

A Euronext opera a bolsa de Paris bem como mercados de ações em Amsterdã, Bruxelas e Lisboa.

"Quero expressar a preocupação do governo francês sobre esta fusão", disse Sapin à Reuters. "Temos dúvidas sobre as consequências desta operação para o financiamento da economia real na França e Europa."

"A fusão das duas entidades vai resultar num grupo grande que pode deter a maior parte das ferramentas que fazem nossos mercados funcionar eficientemente. Isso representa um problema de competição e queremos ter certeza que a Comissão Europeia se envolva para evitar uma situação de surgimento de posição dominante", afirmou o ministro.

(Por Michel Rose)