UniCredit busca interessados por unidade de pagamentos, dizem fontes

sexta-feira, 20 de maio de 2016 15:11 BRT
 

Por Pamela Barbaglia

LONDRES (Reuters) - O banco italiano UniCredit está buscando opções para sua unidade processamento de pagamentos, envolvendo sondagem a potenciais compradores, disseram fontes familiarizadas com o assunto.

O banco, que enfrenta o descontentamento de investidores devido ao baixo preço de suas ações, diante da fraca posição de capital e baixa rentabilidade, está analisando opções para sua divisão de pagamentos, na sequência de uma série de negócios no setor na Itália, disseram à Reuters.

O credor italiano analisou a venda do negócio no ano passado, disseram as fontes nesta sexta-feira, acrescentando que o processo segue em estágio inicial.

Se for adiante com uma venda, UniCredit precisaria montar uma plataforma de processamento de pagamentos independente.

Uma decisão final não é esperada até o UniCredit resolver questões sobre o futuro do presidente-executivo Federico Ghizzoni, que alguns grandes acionistas querem substituir.

As fontes disseram que o UniCredit, que não quis comentar, espera obter avaliação semelhante para com a obtida pelo Intesa Sanpaolo para sua divisão de pagamentos Setefi no começo deste mês, vendida a um consórcio formado por Advent, Bain Capital e Clessidra, por 1 bilhão de euros.

Com lucro principal de cerca de 40 milhões de euros, o negócio de pagamentos do UniCredit pode valer até 500 milhões de euros, dependendo das sinergias que poderia extrair potenciais interessados, disse uma das fontes.