Demanda por transporte aéreo no Brasil em abril cai 12,2% sobre um ano antes, diz Abear

segunda-feira, 23 de maio de 2016 11:41 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A demanda por voos domésticos no Brasil caiu 12,2 por cento em abril sobre um ano antes, acelerando o recuo frente ao mês anterior e completando nove quedas seguidas, afirmou nesta segunda-feira a associação de companhias aéreas, Abear.

Segundo a entidade, o recuo na demanda em abril foi o mais intenso desde fevereiro de 2013. Enquanto isso, a procura por voos internacionais seguiu em queda iniciada em março.

A oferta de voos caiu em um ritmo menos intenso em abril, recuando 10,3 por cento sobre um ano antes, o que fez a taxa de ocupação das aeronaves cair 1,73 ponto percentual, para 79,30 por cento.

A Abear representa as companhias aéreas Latam, Gol, Azul e Avianca.

A entidade afirmou que em abril o setor registrou 6,8 milhões de viagens domésticas, 12 por cento abaixo do verificado um ano antes. Segundo a Abear, esse foi o mais fraco volume de passageiros para um mês de abril desde 2012.

A Latam terminou abril com participação de 36,85 por cento no mercado doméstico ante 37,2 por cento em março e 36,87 por cento em abril de 2015. A Gol teve fatia de 33,88 por cento ante 32,9 por cento no mês anterior e 36,81 por cento em abril do ano passado.

A companhia aérea Azul registrou participação de 17,49 por cento ante 16,97 por cento no ano passado e a Avianca teve fatia de 11,77 ante 9,34 por cento na comparação anual.

A associação informou que a demanda por transporte internacional em abril teve queda de 3,6 por cento sobre um ano antes, o segundo recuo consecutivo do tipo após período de dois anos de alta.

A oferta internacional, porém, caiu mais do que a demanda, recuando 6,8 por cento sobre um ano antes, o que fez a taxa de ocupação dos aviões subir 2,7 pontos percentuais, para 81,41 por cento.

(Por Alberto Alerigi Jr.)