G7 examinará risco econômico e promete pacote de política econômica para estimular crescimento

terça-feira, 24 de maio de 2016 08:58 BRT
 

TÓQUIO (Reuters) - Líderes do G7 avaliarão os riscos potenciais à economia global quando se reunirem esta semana para sua reunião no Japão, disseram fontes governamentais à Reuters.

Embora a economia global não esteja em um estado crítico, a incerteza está crescendo e os líderes do G7 esperam promover uma combinação de políticas monetária, fiscal e estrutural para incentivar o crescimento em seu comunicado, disseram as fontes, que não estão autorizadas a falar com a mídia.

"A incerteza está crescendo. Vamos (discutir) os riscos negativos para a economia global", disse uma das duas fontes à Reuters em condição de anonimato.

O G7 reúne Grã-Bretanha, Canadá, França, Alemanha, Itália, Japão e Estados Unidos.

Com a Grã-Bretanha e Alemanha resistindo aos pedidos por estímulos fiscais, o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, vai pedir aos líderes do G7 que adotem uma política fiscal flexível, levando em consideração a situação de cada país, disseram as fontes.

Os líderes do G7 também devem reafirmar seu compromisso anterior de estabilidade no mercado cambial, disseram.

(Reportagem por Takaya Yamaguchi e Takashi Umekawa)