Japão disse a ministros do G7 que vai elevar imposto sobre vendas, diz ministro das Finanças

quarta-feira, 25 de maio de 2016 09:17 BRT
 

Por Leika Kihara e Stanley White

TÓQUIO (Reuters) - O ministro das Finanças do Japão, Taro Aso, disse nesta quarta-feira ter falado a seus pares do G7 na reunião de autoridades financeiras na semana passada que seu país prosseguirá com o aumento agendado de imposto sobre as vendas no próximo ano.

Mas ele evitou uma pergunta no Parlamento de um opositor, sobre se isso significa que o Japão se comprometeu oficialmente com a comunidade internacional de que vai seguir com o controverso aumento tributário.

"Elevar o imposto sobre as vendas é um fator muito importante para manter a confiança nas finanças do Japão", afirmou Aso a parlamentares nesta quarta-feira, acrescentando que disse às autoridades financeiras do G7 sobre o plano em reunião em Sendai, no Japão.

O governo planeja elevar a taxa para 10 por cento, de 8 por cento, em abril do próximo ano, a menos que haja uma crise financeira da escala do colapso do Lehman Brothers ou um grande desastre natural.