Dólar sobe 0,61% e encosta em R$3,60, maior patamar desde abril, com fluxo e política

quarta-feira, 25 de maio de 2016 17:07 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar fechou em alta e voltou a encostar em 3,60 reais nesta quarta-feira, no maior patamar em mais de um mês e meio, sucumbindo às preocupações com o cenário político e à cautela pré-feriado, com operadores citando fluxo de saída de divisas no mercado à vista relacionado à formação da Ptax no fim do mês.

A moeda norte-americana chegou a recuar a 3,55 reais pela manhã, após o presidente interino Michel Temer passar por seu primeiro teste no Congresso Nacional com a aprovação da nova meta fiscal para este ano. Mesmo assim, operadores continuaram preocupados com a possibilidade de o Legislativo dificultar a aprovação de medidas de austeridade fiscal.

O dólar avançou 0,61 por cento, a 3,5974 reais na venda, maior nível de fechamento desde 7 de abril (3,6937 reais).

A moeda norte-americana chegou a 3,5520 reais na mínima e 3,6225 reais na máxima da sessão, maior cotação intradia desde 8 de abril (3,6694 reais). O dólar futuro avançava cerca de 0,60 por cento no fim desta tarde.

(Por Bruno Federowski)