Índice europeu de ações fecha em leve alta; Roche eleva farmacêuticas

sexta-feira, 27 de maio de 2016 14:00 BRT
 

Por Sudip Kar-Gupta e Danilo Masoni

LONDRES/MILÃO (Reuters) - O principal índice europeu de ações fechou em leve alta nesta sexta-feira, impulsionado pela bolsa de valores suíça e por papéis de companhias farmacêuticas após a ação da Roche saltar em reação a resultados positivos para um de seus produtos.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,24 por cento, a 1.372 pontos, enquanto o índice STOXX 600 teve alta de 0,21 por cento.

Os dois índices alcançaram suas máximas de um mês, ainda que acumulem perdas de cerca de 5 por cento até o momento em 2016, com preocupações com a desaceleração econômica da China atingindo os mercados.

O índice referencial da suíça SMI teve desempenho melhor que seus pares e avançou 0,76 por cento, amparado pelo ganho de 4 por cento das ações da Roche, a maior entre as blue-chips europeias.

Um teste clínico do medicamento contra câncer Gazyva, da Roche, foi bem-sucedido, melhorando as perspectivas para a nova droga, que terá grande importância na luta da farmacêutica na competição biossimilar.

O avanço da Roche também elevou ações de rivais como Novartis e Sanofi.

"O suíço SMI está tendo bom desempenho, principalmente graças à Roche, após a companhia publicar dados positivos nesta manhã sobre um produto importante com potencial de vendas bilionário", disse o analisa financeiro da SYZ, Jerome Schupp.

No entanto, ações de bancos e do setor de energia recuaram, com as companhias ligadas a petróleo perdendo terreno após o Brent recuar novamente abaixo de 50 dólares por barril.   Continuação...