Saudita Aramco ganha participação no mercado enquanto se prepara para ir à bolsa

sexta-feira, 27 de maio de 2016 15:17 BRT
 

KHOBAR, Arábia Saudita (Reuters) - A gigante saudita do petróleo Aramco está ganhando participação no mercado e buscando ganhos de eficiência, disse o presidente da empresa, Amin Nasser, em entrevista à Reuters, com a companhia atuando como uma "ponte" para um futuro em que o reino dependerá menos das exportações de energia.

"Estamos preservando nossa participação no mercado, que continua a crescer ano a ano", afirmou o executivo na entrevista, realizada na quarta-feira, sem dar números.

As exportações da Aramco atingiram uma média de 7,1 milhões de barris por dia (bpd) em 2015, ante 6,8 milhões bpd em 2014, apontou a empresa em relatório anual divulgado na quinta-feira.

A Ásia respondeu por 65 por cento das exportações de petróleo da companhia, com alta de 62,3 por cento ante o ano anterior.

Nasser disse também que uma oferta inicial de ações (IPO) da Aramco é central no "Visão 2030", um plano econômico de longo prazo comandado pelo vice-príncipe herdeiro Mohammed bin Salman.

"Listar a Saudi Aramco está no coração da Visão 2030. Nós estamos trabalhando seriamente no IPO", afirmou Nasser. "Obviamente, o setor de petróleo e gás vai ser a ponte para o longo-prazo e nós precisamos maximizar nossa receita introduzindo mais eficiência no setor."

A Aramco está trabalhando em opções para colocar no mercado menos de 5 por cento de seu valor, o que incluiria uma listagem na bolsa de valores doméstica e uma listagem dupla em um mercado estrangeiro, segundo Nasser.

A companhia está finalizando suas propostas e irá apresentá-las ao Conselho Supremo em breve, e parte da Aramco poderia ser listada em 2017 ou 2018. Nasser disse, no entanto, que esses prazos ainda não foram definidos.

(Por Reem Shamseddine)