Desemprego no Brasil sobe a 11,2% no trimestre até abril, mostra Pnad Contínua

terça-feira, 31 de maio de 2016 09:05 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A taxa de desemprego no Brasil subiu a 11,2 por cento no trimestre até abril, contra 10,9 por cento nos três meses até março, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua divulgada nesta terça-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Mais uma vez a taxa renovou a máxima da série histórica iniciada em 2012. A expectativa em pesquisa da Reuters era de que a taxa chegasse a 11,1 por cento na mediana das projeções.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier; Texto de Camila Moreira)