Premiê do Japão deve anunciar adiamento do aumento de imposto na quarta-feira

terça-feira, 31 de maio de 2016 09:35 BRT
 

Por Kiyoshi Takenaka

TÓQUIO (Reuters) - O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, deve anunciar o adiamento da proposta de aumento do imposto sobre as vendas do próximo ano para evitar um golpe à economia quando falar à imprensa na quarta-feira.

A entrevista à imprensa virá dias após Abe citar a proposta de adiamento a membros do partido do governo, e seu gabinete disse que ele falará à imprensa na quarta-feira.

Os partidos de oposição argumentam que a decisão de Abe de adiar por dois anos e meio um aumento do imposto sobre as vendas para 10 por cento - agendado para abril de 2017 - é uma admissão de que seus esforços para reaquecer a economia estagnada não só fracassaram, mas aumentaram a desigualdade.

"Primeiro-ministro Abe, este é um fato inabalável, por causa de seu grave fracasso na política econômica, você tem sido incapaz de criar um ambiente no qual o imposto sobre as vendas pode ser elevado", disse o líder do oposicionista Partido Democrático, Katsuya Okada, em comunicado.

"As vidas das pessoas foram destruídas, e a desigualdade e pobreza estão se alastrando."