Votorantim Industrial tem lucro de R$144 mi no 1o trimestre

quarta-feira, 1 de junho de 2016 10:42 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O lucro do conglomerado Votorantim Industrial subiu no primeiro trimestre, conforme ganhos com a venda de ativos e resultados melhores na fabricante de celulose Fibria ajudaram a minimizar o impacto da recessão brasileira. O lucro líquido do grupo somou 144 milhões de reais nos três primeiros meses do ano ante resultado positivo de 68 milhões no mesmo período de 2015. No quarto trimestre do ano passado, a Votorantim Industrial havia sofrido prejuízo de 219 milhões de reais.

A venda da Sirama, uma subsidiária ligada à unidade de cimento da Votorantim, e o lucro da Fibria contribuíram com quase 700 milhões de reais aos resultados do trimestre passado, que foram minimizados parcialmente pelo crescimento de despesas financeiras e um prejuízo operacional.

A recessão atingiu os negócios de aço e cimento e levou a provisões relacionadas ao fechamento temporário de operações de níquel. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado recuou 40 por cento, para 845 milhões de reais no último trimestre. A receita líquida caiu 6 por cento sobre um ano antes, para 6,72 bilhões de reais de janeiro a março.

O grupo Votorantim Industrial encerrou o primeiro trimestre com uma relação dívida líquida sobre Ebitda de 2,87 vezes.

(Por Guillermo Parra-Bernal)