Petrobras desembolsa US$6 bi com recompra de títulos no exterior

quarta-feira, 1 de junho de 2016 13:10 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Petrobras vai desembolsar o equivalente a 6,06 bilhões de dólares com a recompra de diversos títulos de dívida emitidos no exterior, em uma operação que teve grande interesse de detentores de bônus e visou melhorar o perfil do endividamento da empresa.

A petroleira informou nesta quarta-feira que os detentores de títulos haviam aceitado os termos das condições da operação de recompra, nomeada "Waterfall Tender Offers", em um volume equivalente a 7,52 bilhões de dólares e 1,92 bilhão de euros.

A Petrobras reiterou que o limite informado previamente para a recompra era de 6 bilhões de dólares.

A companhia aceitou a totalidade do volume entregue por investidores de séries com vencimento em 2017 e 2018. A petroleira também aceitou parcialmente o volume oferecido para notas globais a 3 por cento com vencimento em janeiro de 2019 e não aceitou nenhuma ordem de outras séries com vencimento em 2019.

O pagamento da operação de recompra ocorrerá em 3 de junho de 2016, informou a estatal.

A operação de recompra de títulos foi anunciada em meados de maio, no mesmo dia em que a companhia captou 6,75 bilhões de dólares com o lançamento de bônus no mercado internacional de 5 e 10 anos, na primeira oferta global de uma empresa brasileira desde junho do ano passado.

A Petrobras informou também nesta quarta-feira que sua subsidiária Petrobras Global Finance está aditando os termos da oferta de recompra integral com solicitação de consentimento dos títulos com vencimento em 2018 e cupom de 8,375 por cento.

O pagamento total previamente anunciado para cada 1.000 dólares de valor de principal a ser pago aos detentores desses títulos foi aumentado para 1.100 dólares.

(Por Priscila Jordão e Gustavo Bonato)

 
Sede da Petrobras, no centro do Rio de Janeiro.    18/01/2016
  REUTERS/Sergio Moraes