China se torna a maior compradora de carne bovina do Brasil pela 1ª vez em maio, diz Abiec

quinta-feira, 2 de junho de 2016 19:13 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - As exportações brasileiras de carne bovina in natura somaram 100,98 mil toneladas em maio, uma alta de 16,28 por cento ante o mês anterior, com a China assumindo a liderança entre os compradores do produto brasileiro pela primeira vez, informou nesta quinta-feira a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec).

No mesmo período do ano passado, as exportações do Brasil haviam somado 85 mil toneladas de carne in natura, segundo dados do governo federal.

Em maio, o país asiático importou 20,28 mil toneladas de carne bovina brasileira in natura, o que gerou receita de 84,3 milhões de dólares para o Brasil, disse a Abiec, citando dados da Secretária de Comércio Exterior (Secex).

O Egito assumiu o segundo lugar, com a compra de 17,3 mil toneladas de carne. Hong Kong importou cerca de 15 mil toneladas em maio.

No total, foram obtidos 398 milhões de dólares em receita no mês, um crescimento de 17,4 por cento ante abril, de acordo com a Abiec.

(Por Natália Scalzaretto)