ENTREVISTA-Desenvolvimento de 2ª geração de E-Jets da Embraer está à frente do cronograma, diz executivo

sexta-feira, 3 de junho de 2016 13:50 BRT
 

DUBLIN (Reuters) - O desenvolvimento da primeira aeronave da segunda geração da família de E-Jets da Embraer está à frente do cronograma e uma data de lançamento no início de 2018 será anunciada em breve, disse o vice-presidente da área de aviação comercial da fabricante brasileira John Slattery nesta sexta-feira.

O E190-E2, primeiro avião da linha de aeronaves comerciais com novas asas e motores e melhor eficiência de combustível, fez seu voo inaugural em maio.

"Está claro que estamos um pouco à frente do cronograma", disse Slattery à Reuters às margens do evento anual geral da Associação Internacional de Transportes Aéreos (Iata, na sigla em inglês), em Dublin.

"Estou esperançoso de que em algum momento (nosso engenheiro-chefe) dará mais visibilidade sobre a data de entrada em serviço, além de apenas (dizer) primeiro semestre de 2018, que é a orientação atual que estamos recebendo", disse.

Slattery também acusou a rival canadense Bombardier de "dumping" com a venda de 75 jatos CSeries para a companhia aérea norte-americana Delta Air Lines.

"Nossa única preocupação aqui é que aquilo que só pode ser descrito como ´dumping´ ocorreu", disse Slattery, citando uma provisão de "contrato oneroso" de 500 milhões de dólares que a Bombardier disse que faria em seu resultado do segundo trimestre após o acordo com a Delta Air Lines.

"Isso é potencialmente danoso para a indústria se for feito em uma base frequente", acrescentou. "Estamos muito desapontados com essa ação."

Executivos da Bombardier têm negado ter usado qualquer tática além de marketing comercial normal para reviver o postergado projeto da família de jatos CSeries.

Ao anunciar o negócio com a Delta Air Lines em conjunto com os resultados do primeiro trimestre em abril, a Bombardier disse que faria uma "provisão onerosa de contrato" de 500 milhões de dólares para três acordos de venda envolvendo 127 jatos CSeries com a própria Delta Air Lines, além de Air Canada e Air Baltic.

(Por Tim Hepher)

 
Embraer apresenta o novo jato E190-E2 em São José dos Campos. 25/02/2016. REUTERS/Nacho Doce