Índice fecha em queda após dados decepcionantes sobre emprego nos EUA

sexta-feira, 3 de junho de 2016 14:30 BRT
 

Por Atul Prakash e Danilo Masoni

LONDRES/MILÃO (Reuters) - O principal índice europeu de ações fechou em queda nesta sexta-feira após dados sobre o emprego nos Estados Unidos muito mais fracos que o esperado, enquanto o papel da Accor disparou por notícias de planos de uma rival chinesa de aumentar sua participação no grupo hoteleiro.

A economia dos EUA criou em maio o menor número de vagas de trabalho em mais de cinco anos, sugerindo fraqueza no mercado de trabalho e enfraquecendo as expectativas de um aumento de juros neste mês.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,85 por cento, a 1.339 pontos, o menor nível em uma semana e meia. O índice acumulou queda de 2,4 por cento na semana, após avançar nas três anteriores.

"Os dados de emprego foram loucos e completamente inacreditáveis e esse é o último conjunto de dados importantes antes da reunião do Fed", disse o analista-chefe de mercados do Think Forex, Naeem Aslam.

Economistas agora esperam que o Fed aguarde até julho para elevar os juros, o que significa que qualquer decisão de política monetária na maior economia do mundo será tomada após o Reino Unido votar sobre se vai permanecer ou deixar a União Europeia, em três semanas.

A ação da Accor saltou 6,7 por cento, no maior ganho do FTSEurofirst. O jornal francês Le Figaro noticiou que a Jin Jiang estava considerando aumentar sua fatia na Accor a 29 por cento. A Accor não comentou.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,39 por cento, a 6.209 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 1,03 por cento, a 10.103 pontos.   Continuação...