Chuva afeta colheita de cana, mas é "prematuro" falar em moagem menor, diz Datagro

segunda-feira, 6 de junho de 2016 12:05 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - As chuvas que atingem as principais regiões produtoras de cana do centro-sul do Brasil desde meados de maio impediram a moagem durante vários dias, mas o impacto das precipitações para o setor, até o momento, é favorável para o desenvolvimento da safra atual (2016/17) e da próxima temporada (2017/18), afirmou à Reuters o presidente da consultoria Datagro, Plinio Nastari.

Segundo ele, é "prematuro" afirmar que as projeções de moagem do centro-sul na safra atual serão reduzidas pelas intensas precipitações recentes, até porque há expectativa de que o fenômeno La Niña traga tempo mais seco, favorável ao processamento de cana, no segundo semestre. Ele disse ainda que as chuvas atrasam o atracamento dos navios para açúcar nos portos, mas destacou que as filas das embarcações estão maiores por conta da maior demanda pelo produto brasileiro.

(Por Roberto Samora)