Aneel autoriza operação da 2ª unidade da usina Cachoeira Caldeirão, diz EDP

terça-feira, 7 de junho de 2016 10:04 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Usina Hidrelétrica Cachoeira Caldeirão, no Amapá, recebeu nesta terça-feira autorização da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para iniciar a operação comercial da segunda unidade geradora, com capacidade instalada de 73 megawatts, antecipando em sete meses a entrada em operação em relação ao início do contrato do mercado regulado.

Com a Declaração Comercial de Operação (DCO), a energia da antecipação será liquidada no mercado de curto prazo ou poderá ser comercializada em contratos, informou a EDP Energias do Brasil, uma das donas do empreendimento, nesta terça-feira.

A empresa disse ainda que unidade geradora UG03 está em fase avançada de comissionamento para obtenção da operação em teste e comercial.

A usina Cachoeira Caldeirão, situada no rio Araguari, com 219 MW de capacidade instalada, pertence à EDP Energias do Brasil (50 por cento) e à CWEI Participações, empresa integralmente pertencente à China Three Gorges Corporation.