EUA pressionam China a reduzir barreiras para empresas estrangeiras

terça-feira, 7 de junho de 2016 10:10 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - Autoridades norte-americanas pressionaram novamente a China nesta terça-feira para reduzir as barreiras a empresas estrangeiras, afirmando que as preocupações aumentaram devido a um ambiente regulatório mais complexo.

A confiança das empresas estrangeiras foi impactada por preocupações protecionistas e regulatórias, após uma série de investigações governamentais que tiveram como alvo companhias estrangeiras e a adoção de uma lei de segurança nacional que limita o uso de tecnologia externa.

Os grupos empresariais norte-americanos também reclamam das novas regulações chinesas, que segundo eles favorecem as empresas locais e dificultam operar na China, assim como outras leis relacionadas à segurança nacional.

"Preocupações sobre o clima de negócios cresceram nos últimos anos, com empresas estrangeiras confrontando um ambiente regulatório mais complexo e questionando se são bem vindas na China", disse o secretário do Tesouro norte-americano, Jack Lew, a empresários e autoridades dos Estados Unidos e da China.

A China afirmou que está comprometida em receber empresas estrangeiras no país, a segunda maior economia do mundo.

(Reportagem de David Lawder)