Dólar cai mais de 1% e vai abaixo de R$3,45, com Ilan e cenário externo

terça-feira, 7 de junho de 2016 17:03 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar caiu mais de 1 por cento e fechou abaixo de 3,45 reais nesta terça-feira após o indicado à presidência do Banco Central, Ilan Goldfajn, defender o regime de câmbio flutuante, levando operadores a entender que teria sinalizado ser favorável a menos intervenções no mercado e confortável com a moeda abaixo de 3,50 reais.

Também contribuiu para o alívio o cenário externo favorável, com preços maiores do petróleo e menores expectativas de altas de juros nos Estados Unidos.

O dólar recuou 1,20 por cento, a 3,4486 reais na venda, no menor patamar de fechamento desde 11 de maio (3,4456 reais). Na máxima da sessão, o dólar subiu a 3,5142 reais e, na mínima, caiu a 3,4461 reais. No mês, a moeda norte-americana acumula queda de 4,53 por cento.

O dólar futuro recuava cerca de 1,25 por cento no final da tarde.

(Por Bruno Federowski e Flavia Bohone)