Consumo de aço no Brasil de janeiro a maio caiu 35,4% sobre um ano antes, diz IABr

quarta-feira, 8 de junho de 2016 12:06 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O presidente-executivo do Instituto Aço Brasil (IABr), Marco Polo de Mello Lopes, afirmou nesta quarta-feira que a indústria siderúrgica do país vive a pior crise de sua história neste ano e que o consumo aparente da liga nos primeiros cinco meses de 2016 caiu 35,4 por cento sobre o mesmo período do ano passado.

Segundo o executivo, dos 14 alto-fornos instalados no país, 5 estão parados. A situação de fraqueza na demanda fez o setor adiar cerca de 2,9 bilhões de dólares em investimentos previstos para os próximos anos, afirmou ele durante evento do setor.

(Por Alberto Alerigi Jr.)