Recuperação é dificultada por falta de confiança na zona do euro, diz presidente do BC francês

quinta-feira, 9 de junho de 2016 10:03 BRT
 

Por Jan Strupczewski

BRUXELAS (Reuters) - Uma política econômica coordenada resultaria em mais crescimento e empregos na zona do euro, mas essa coordenação enfrenta um problema de confiança entre os governos, disse nesta quinta-feira o presidente do banco central francês, François Villeroy De Galhau.

Ele disse que o custo da falta de uma coordenação de política suficiente desde 2010, quando a crise da dívida soberana começou, foram vários pontos do Produto Interno Bruto (PIB) e milhões de empregos para os 19 países que usam o euro.

"Existe uma questão de confiança", disse Villeroy De Galhau ao Fórum Econômico de Bruxelas.

"Quando os franceses falam sobre coordenação econômica, ou sobre governança econômica mais forte, como têm feito por décadas, os alemães suspeitam frequentemente que é um novo truque francês para evitar reformas domésticas"