Unidade da Vale em Moçambique diz que trens foram atingidos por tiros na Linha de Sena

sexta-feira, 10 de junho de 2016 08:29 BRT
 

JOANESBURGO (Reuters) - A unidade de Moçambique da mineradora Vale informou nesta sexta-feira que seus trens foram alvo de tiros duas vezes nos últimos dias na Linha de Sena, que carrega carvão do interior para o Porto da Beira, no Oceano Índico.

"A Vale tem trabalhado com as autoridades relevantes para garantir que as atividades logísticas na Linha de Sena possam continuar com segurança", disse a companhia em comunicado.

A Vale não disse o que os trens estavam carregando ou se suspendeu as atividades na linha.

(Por Ed Stoddard)

 
Sede da Vale, no centro do Rio de Janeiro.   15/12/2014    
 REUTERS/Pilar Olivares