Mais da metade das empresas brasileiras está inadimplente, diz Serasa Experian

sexta-feira, 10 de junho de 2016 14:57 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O número de companhias inadimplentes chegou a 4,4 milhões em abril, de um total de cerca de 8 milhões em operação no Brasil, mostraram dados da Serasa Experian divulgadas nesta sexta-feira, que revelam o tamanho da crise econômica que o país enfrenta.

O número de companhias negativadas -cujas dívidas somam 105,6 bilhões de reais- é o maior já registrado pela entidade desde que começou a medição em 2015. Em junho de 2015, eram 3,8 milhões de empresas inadimplentes.

"A grande maioria das empresas negativadas são pequenas e médias e elas concentram a maior parcela da geração de empregos no Brasil. A falta de caixa para honrar as dívidas também impacta o pagamento de salários, o que ajuda a engrossar as taxas de desemprego", disse o Serasa, em nota.

Em média, depois de 60 dias com débitos em atraso, a empresa já é negativada nos birôs de crédito, segundo a entidade.

O estudo mostra que 45,2 por cento das empresas inadimplentes são comerciais (comércio de bebidas, vestuário, veículos e peças, eletrônicos, entre outros), 45 por cento são de serviços (bar, restaurante, salões de beleza, turismo, entre outros) e 8,9 por cento indústrias.

O economia brasileira está há cinco trimestres em contração, de acordo com os dados mais recentes divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, referentes ao primeiro trimestre deste ano.

(Por Juliana Schincariol)