CORREÇÃO-Opep vê excesso de oferta de petróleo encolher no 2° semestre

segunda-feira, 13 de junho de 2016 14:06 BRT
 

(Corrige informação do 5º parágrafo para informar que relatório da Opep aponta para déficit, e não excedente, de 160 mil barris por dia no segundo semestre de 2016)

LONDRES (Reuters) - A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) prevê que o mercado mundial de petróleo estará mais equilibrado no segundo semestre do ano, conforme interrupções na produção na Nigéria e no Canadá ajudam a reduzir mais rápido que o esperado um excesso de oferta que derrubou os preços.

A Opep apontou em relatório mensal que a produção caiu em 100 mil barris por dia (bpd) em maio, liderada por perdas na Nigéria. O grupo manteve projeções de uma maior demanda sazonal no segundo semestre do ano e de queda na produção fora do cartel.

"O excesso de oferta no mercado deverá cair ao longo dos próximos trimestres", disse a Opep no relatório. "Interrupções da Nigéria e no Canadá reduziram a oferta no mercado de petróleo marcantemente e trouxeram oferta e demanda para mais perto de um alinhamento antes do que muitos esperavam, impulsionando os preços."

O documento da Opep aponta para um déficit de oferta de 160 mil bpd no segundo semestre deste ano se o grupo continuar produzindo no mesmo ritmo observado em maio.

O excesso de oferta no primeiro trimestre foi de 2,59 milhões de bpd, disse a Opep.

(Por Alex Lawler)