Wall St cai pela 3ª sessão consecutiva; empresas de tecnologia pressionam

segunda-feira, 13 de junho de 2016 18:18 BRT
 

(Reuters) - Os principais índices acionários dos Estados Unidos caíram pela terceira sessão consecutiva nesta segunda-feira, com as baluartes de tecnologia Microsoft e Apple arrastando as ações e os investidores se preparando para importantes eventos políticos e econômicos nos EUA e Europa.

O índice Dow Jones caiu 0,74 por cento, a 17.732 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,81 por cento, a 2.079 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 0,94 por cento, a 4.848 pontos.

A Microsoft caiu 2,6 por cento após anunciar que iria comprar a rede social para profissionais LinkedIn por 26,2 bilhões de dólares, no maior acordo de sua história. As ações do LinkedIn saltaram 46,6 por cento.

As ações da Apple caíram 1,5 por cento, com a fabricante do iPhone realizando sua conferência de desenvolvedores em San Francisco. Somando-se às pressões no setor de tecnologia, as ações do Facebook caíram 2,3 por cento, após a CNBC informar que a Citron Research estava reduzindo a posição nas ações.

Dados econômicos nos EUA esperados para esta semana incluem vendas no varejo na terça-feira. Um dado mais fraco do mercado de trabalho divulgado no início do mês levantou dúvidas sobre a força da economia e o ritmo de futuras altas de juros.

"Eu acho que o mercado está nervoso em relação a taxas de juros mais altas e, francamente, sobre a economia dos EUA não ser capaz de superar esta última oscilação para uma recuperação completa", disse o presidente-executivo da Longbow Asset Management, Jake Dollarhide.

Investidores também prestaram atenção na preparação para o referendo sobre permanência ou não da Grã-Bretanha na União Europeia, em 23 de junho.

(Por Lewis Krauskopf; reportagem adicional por Yashaswini Swamynathan)