Vale diz que ação de R$20 bi da Sohumana relacionada à Samarco foi extinta

segunda-feira, 13 de junho de 2016 19:25 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A mineradora Vale informou nesta segunda-feira que a Ação Civil Pública ajuizada pela Sociedade Humanitária Nacional (Sohumana) contra a Samarco Mineração e suas acionistas, a BHP Billiton Brasil e a própria Vale, na 5ª Vara Federal do Rio de Janeiro, foi julgada extinta, sem resolução do mérito, por sentença transitada em julgado.

A Ação Civil Pública ajuizada pela Sohumana, informada ao mercado pela Vale em 7 de dezembro de 2015, solicitava o pagamento de 20 bilhões de reais de indenização por danos ambientais e patrimoniais supostamente causados em acidente na barragem de Fundão da Samarco, em Mariana (MG), no ano passado.

A extinção da ação ajuizada pela Sohumana ocorreu após a Justiça homologar, no início de maio, um acordo com a União e Estados que pode envolver pagamentos de cerca de 20 bilhões de reais até 2025 para compensações e reparações ao desastre socioambiental decorrente do rompimento da barragem.