Aço e minério de ferro caem 4% na China com preocupações sobre demanda

terça-feira, 14 de junho de 2016 14:36 BRT
 

MANILA (Reuters) - Os contratos futuros do aço e do minério de ferro na China caíram cerca de 4 por cento nesta terça-feira, pressionados por uma demanda mais lenta sazonal no país, maior consumidor de ambas as commodities.

As margens de lucro entre as usinas de aço chinesas caíram nas últimas semanas após terem subido fortemente ao longo de março e abril, quando houve uma retomada sazonal no consumo combinada com baixos estoques de aço.

"Na ausência de uma melhora no sentimento da demanda ou de uma reversão para políticas pró-crescimento na China, as margens médias do aço podem continuar a sofrer pressão ao longo das próximas semanas", disse um operador em Cingapura.

As atividades de construção na China tipicamente ficam mais fracas a partir de junho, devido ao verão, o que reduz a demanda por aço.

O contrato mais negociado do vergalhão de aço na bolsa de Xangai fechou em queda de 3,8 por cento, a 2.072 iuanes (314 dólares) a tonelada.

Já o contrato mais ativo do minério de ferro na bolsa de Dalian caiu 4,2 por cento, para 355,50 iuanes a tonelada.

O minério de ferro para entrega imediata no porto chinês de Tianjin caiu 1,93 por cento, para 50,80 dólares a tonelada.

(Por Manolo Serapio Jr)